sábado, 17 de março de 2012

PENIEL – ENDEREÇO ERRADO PARA O GÓLGOTA



No Programa de Conversão das Igrejas que participam do Movimento de Crescimento da Igreja, chamado de “Encontro com Deus”, Peniel é uma palestra que podemos chamar de “Tratamento de Choque”, onde o indíviduo é levado ao confronto com ele e com Deus. É o lugar onde segundo dizem os ‘programadores’ em que se alcançam junto ao participante os seguintes objetivos:

1. Leva-lo ao arrependimento - nós tornamos seres desprovidos de humildade.
2. Leva-lo ao propósito certo. Fazemos tantas coisas que Deus não nos mandou fazer.
3. Leva-lo a estar face a face com Deus. Tudo muda quando vimos a Deus. Jacó estava em Peniel e toda a sua vida foi mudada. Seu nome foi mudado de Jacó para Israel. Seu caráter foi mudado. (Ele era usurpador e seu nome de fato significava: USURPADOR, MAU CARÁTER. ETC.) Jacó sentiu profunda dor neste lugar. Você também sentirá esta dor, porém sairá daqui completamente curado e com uma nova identidade. (II Cor. 5;17) [http://correndoparadeus.blogspot.com.br/2009/02/peniel.html].

Pelo que se observa na introdução da lição sobre o Peniel, toda idéia é apenas assinalar para demonstrar que “Peniel é um lugar de encontro com Deus”. (Gn. 32.30).

Fico admirado com a hermenêutica simplista dos manos do Movimento. Também me surpreendo com o método de colagem da mensagem no texto, ou seja, eu tenho uma idéia, uma mensagem, e colo ela no texto como se o simples fato de ‘torcer’ o texto fazendo com que ele se amolde ao meu bel prazer fosse suficiente para argumentar que minha idéia é bíblica ou pelo menos está na Bíblia.

Eu quero apenas dizer o que significa Peniel no texto nu e cru.

Peniel (em hebraico: פְּנוּאֵל), também conhecido como a "face de Deus", é um lugar não muito longe de Sucote, a leste do rio Jordão e ao norte do rio Jaboque. É também chamado de "Penuel", que significa "Eu vi um ser divino cara a cara, mas a minha vida foi preservada". Lá Jacó lutou (Gênesis 32:24-32) "com um homem" ("o anjo", Oséias 12:4. Jacó disse dele: "Eu vi Deus face a face") "até ao romper do dia ". [http://pt.wikipedia.org/wiki/Peniel]

A expressão mais usada para levar os irmãos ao Encontro com Deus é a idéia de ver Deus face a face, daí a ênfase do encontro de Jacó com a divindade no Jaboque. Enquanto programa da Igreja, o “Encontro com Deus”, é uma ferrementa de trabalho, mais não se sustenta biblicamente, por isso meu conselho é que os programadores não deveria ficar enchendo a cabeça dos participantes com 'estória pra boi dormir', por exemplo, dizendo que, assim como Jacó encontrou com Deus, aqui você também vai encontrar com Deus e sua vida vai mudar, etc. Deveria sim, simplesmente assumir que é um programa de conversão da igreja.

Digo isso posto que devemos ler o AT a partir da luz do NT. Neste prisma o NT nos ensina que a “Face de Deus”, já não se encontra num determinado local geográfico, como no Jaboque ou Peniel, também não se alcança numa suposta “luta, batalha, esforço, etc”, mas se ver na Pessoa Bendita do Senhor Jesus Cristo, como disse João em sua 1ª Carta 1.1: “O que era desde o princípio, o que ouvimos, o que vimos com os nossos olhos, o que contemplamos e as nossas mãos apalparam — isto proclamamos a respeito da Palavra da vida.” O Deus escondido que Jacó não conseguiu ver, nem os irmãos conseguem ver em seus ‘encontros’ é o Senhor Jesus, que segundo escreveu Paulo,  "é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação”. (Cl 1.15)

Ora, esse Cristo se revela pela mensagem do Evangelho, quando lido, ensinado e crido pelo poder do Espírito Santo.Se existe um lugar onde de fato podemos encontrar com Deus, este lugar é o próprio Cristo, lugar esse que nunca, será substituído por qualquer programa, procissão, rota de fé, peregrinação ou similares.

Se tu queres o Jaboque é porque não conheceste o Gólgota!

Nenhum comentário:

Postar um comentário